A caminho da Copa dos Campeões, Brasil reencontra EUA em Chicago

Comentários 0

Depois de duas vitórias sobre os Estados Unidos em casa, os campeões olímpicos do vôlei brasileiro viajaram para Chicago para dar sequência à série de amistosos contra os americanos. O primeiro duelo longe do Brasil vai ser nesta sexta-feira, às 21h30. Para o técnico Renan Dal Zotto, os jogos nos Estados Unidos é mais uma importante etapa de preparação para a Copa dos Campeões, entre 12 e 17 de setembro, no Japão.

– Essa série de amistosos é muito importante na nossa preparação. Vamos ter a seleção dos Estados Unidos como adversário na Copa dos Campeões e toda partida é um ganho a mais para o Brasil. Desta vez, jogando na casa deles, colocamos os jogadores mais jovens em uma situação diferente da que enfrentamos em casa. Vamos ter torcida contra e isso dá uma atmosfera distinta ao confronto – disse o treinador.

Entre os 14 comandados de Renan em Chicago, cinco estavam no time campeão da Olimpíada do Rio: Bruninho, Lucão, Maurício Souza, Maurício Borges e Lucarelli. Completam o grupo o levantador Murilo Radke; os opostos Renan e Rafael Araújo; os centrais Otávio e Isac; os ponteiros Lucas Lóh e João Rafael, e os líberos Tiago Brendle e Thales.

A série de amistosos entre Brasil e Estados Unidos começou no domingo, com vitória por 3 a 0 dos campeões olímpicos, em São Paulo. Na terça, o triunfo verde-amarelo foi mais difícil, conquistado apenas no tie-break. Os jogos em solo americano são os últimos antes de o Brasil defender o título de 2013 da Copa dos Campeões, última competição da temporada. Neste ano, a seleção foi vice da Liga Mundial e campeã do Sul-Americano, garantido vaga no Mundial de 2018, na Itália e na Bulgária.

Os comentários estão desativados.